MEI comemora 9 anos com mais de 7 milhões de empreendedores cadastrados



Este é o mês de aniversário do MEI completando 9 anos de idade. No dia 1 de julho de 2009 o poder público brasileiro marcou um gol épico a favor dos pequenos negócios, neste dia o Brasil recebia em seu time de empreendedores uma nova figura jurídica a do Microempreendedor Individual (MEI), o objetivo de facilitar a formalização de pequenos negócios que antes trabalhavam como autônomos na informalidade, os que em muitos lugares eram chamados de "negócio fundo de quintal".

Com o MEI pequenos empresários conseguiram ter seu CNPJ, impostos fixos que giram em torno dos R$ 50,00 com a contribuição previdenciária, garantiram e ainda garantem seu direito a benefícios previdenciários como Auxílio Doença, Auxílio Maternidade, Aposentadoria por Idade.

Há 9 anos, na tarde do dia 1º de julho, o acreano Adalberto de Oliveira Santos tornou-se o primeiro MEI formalizado no País. Na época, ele era vendedor de bijuterias da Feira dos Importados de Brasília.

Ansioso pela entrada em vigor da nova lei, ele acordou às 4 da manhã para fazer o registro pela internet. Tentou até as 7h. Como não conseguiu, resolveu ir até o posto do Sebrae na Central Fácil do Distrito Federal.

Lá soube do excessivo número de acessos ao Portal do Empreendedor. Não se deu por vencido. Sem estar com a documentação completa, foi atrás do que faltava e voltou à tarde com tudo debaixo do braço. Com o CNPJ nas mãos, comemorou: "Como empreendedor individual terei mais segurança e acesso a crédito. Quero ter máquina de cartão de crédito para melhorar o atendimento", disse Adalberto na época. (Reportagem de ABNOR GONDIM • BRASÍLIA Jornal DCI).

Em Junho deste ano o Portal do Empreendedor já registrava um total superior a 7 milhões de MEI em todo país. No dia 30 de junho, o Portal contabilizou exatos 7.047.538 MEIs cadastrados e somente neste ano já foram cadastrados 560.883 novos MEIs cadastrados.

Nestes 9 anos de vida o a receita federal cancelou diversos cadastros de MEI inadimplente, no final de janeiro deste ano, havia 7.851.685 MEIs, mas esse número caiu 17% em 6.486.655 no início de fevereiro, voltando a ultrapassar a marca dos 7 milhões em junho.

Muita coisa mudou


O Governo sempre teve um cuidado especial com o MEI, desde sua criação diversos projetos envolvendo o MEI surgiram, como a Semana do Empreendedor uma data criada para atendimento exclusivo ao Microempreendedor Individual para tirar dúvidas, regularizar a empresa e outros serviços organizados pelo SEBRAE.

Novas linhas de crédito surgiram com juros baixos para o MEI como os oferecidos pelo Banco Fomento, os bancos também passaram a abrir contas com foco no Microempreendedor.

Em meio as mudanças em nossa economia e em tempos de turbulência financeira o governo abriu canais de parcelamento para facilitar ao MEI que está inadimplente regularizar sua situação.

Bom como vemos diversas coisas boas vieram com o MEI, comente aqui em baixo o que você achou desta iniciativa do governo ao criar o MEI.

Tecnologia do Blogger.