Ads Top

Estudantes da UEM auxiliam Microempreendedores Individuais (MEI) na abertura do próprio negócio

Foto Reprodução: O Diário


Estudantes da Universidade Estadual de Maringá (UEM), através de um projeto do Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF), que orienta as pessoas que possuem ou querem abrir um microempreendimento, auxiliam cerca de 90 Microempreendedores Individuais (MEI) por mês no campus da universidade, bloco C-23, às segundas, quartas e quintas-feiras, das 14h às 17h.

A equipe esclarece dúvidas dos Microempreendedores e presta alguns serviços como aberturas de empresa, alterações cadastrais e orienta sobre as obrigações do MEI e como preencher de forma correta a Declaração Anual do Simples Nacional do MEI (DASN)

A prioridade dos organizadores do projeto está na declaração anual, como o prazo encerra no dia 31 de maio, e orienta como deve ser preenchido o relatório para receita federal. A multa miníma por atraso da declaração é de R$ 50,00, e a não entrega pode resultar no cancelamento da inscrição do MEI.

Os serviços mais procurados são formalização, declaração anual (DASN), alterações de dados e boletos e baixa de empresa. Aponta o professor Alceu Panosso em entrevista ao Jornal O Diário.

O serviço atende as regiões de Sarandi, Floresta, Iguaraçu, Itambé, Marialva, Mandaguaçu e Presidente Castelo Branco.

Influencia Acadêmica

Os alunos veem o NAF como um instrumento para realização de pesquisas acadêmicas, para fazer visitas técnicas, participar de palestras, seminários e eventos. "O projeto nos dá bagagem de conhecimentos, que às vezes não são tão aprofundados em sala de aula. Participar do projeto abriu meus olhos sobre a graduação, sobre meu papel como profissional e contribuiu para que eu aproveitasse melhor os recursos da universidade", disse o estudante Allan Akihito Horinouti em entrevista ao Diário.

Fonte: O Diário

Assessoria do infomei para microempreendedores
Avalie este post:
{[['']]}
Tecnologia do Blogger.