Ads Top

6 maneiras de cobrar seu cliente sem perder a cabeça

cliente inadimplente


Quem nunca teve problemas com clientes que se comprometem em pagar em dia e no dia do pagamento não se vê nem a sombra dele? Se isso nunca aconteceu com você então meus parabéns. Mas creio que se você está lendo este artigo agora com toda certeza esta já com dor de cabeça pois tem um ou mais clientes dando trabalho não é mesmo?

Antes de prosseguirmos com este assunto, quero deixar bem claro aqui que este artigo não é uma fórmula “magica” que te fará conversar com seu cliente e ele irá quitar sua dívida com você, mais com toda certeza te trará uma visão melhor de como agir nestas situações e terá sucesso.

Bom vamos ao que interessa!

Quando falo de cobrar um cliente que está devendo à empresa, eu preciso ter em mente algumas situações.

Primeiro conheça seus clientes


Falando desta forma você pode até dizer: “acha que eu não conheço meus clientes? Se vendi é porque conheço! ”, a resposta é NÃO! . Principalmente em cidades mais pequenas onde as pessoas se conhecem, isso é comum de se ouvir, não é porque você se encontra com a pessoa todos os dias ou ela frequenta seu estabelecimento quase toda semana que você a conhece. Mas também quando digo conheça seus clientes, não estou dizendo no sentido de um relacionamento como um amigo, mas um relacionamento profissional, mantenha um histórico de cada cliente em sua empresa analise cada um, aqueles que sempre mantem suas contas em dia, aqueles que tem suas contas em dia porem vez ou outra tem um atraso aqui outro ali, e aqueles que sempre estão atrasando seus pagamentos, essas informações não é apenas importante para tomadas de decisões no momento da cobrança mas também evita inadimplências futuras.

Não tenha medo de cobrar


Assim como o consumidor tem seus direitos previsto por lei que são necessários, o comerciante também não fica desamparado e tem sua guarida jurídica. Por isso não tenha medo de cobrar seus clientes, pois afinal o atraso do recebimento destes débitos prejudica o crescimento saudável da sua empresa.

O grande diferencial e o devido cuidado que deve ser tomado está na forma que a cobrança será realizada. Seja cordial, respeitoso nunca arrogante, seja atencioso ao lembrar seu cliente sobre os débitos que ele tem com sua empresa, e acima de tudo seja discreto, para que seu cliente não se sinta humilhado com a situação.

Perceba que acima eu mencionei a importância de conhecer seus clientes, e indiquei três tipos de clientes, dentre eles aqueles que paga as contas em dia e vez ou outra tem um atraso (não é sempre), esse tipo de cliente só costuma atrasar geralmente por motivos de força maior, neste caso um tratamento adequado poderá com toda certeza fazer com que seu cliente se sinta seguro com sua empresa, e os dois poderá negociar se for o caso a melhor forma de estar quitando a dívida.

Amigos, Amigos, negócios a parte!


Só com esta frase já deu para entender o que eu vou dizer não é mesmo? E com toda certeza já te passou neste momento na sua mente aquele “amigo” que está devendo na sua empresa ou no seu comércio, e sempre está com aquele papinho “na amizade mano”, pois é amizade não enche barriga nem mantem empresas funcionando. Não caia no papinho da amizade cobre a dívida, se a pessoa for realmente sua amiga irá com toda certeza te entender, caso contrário não era amiga.

Mas independentemente de ser amigo ou não todos são seus clientes e o tratamento deve ser igual para todos, com o devido respeito.






Informe seu cliente sempre que possível


Envie mensagens no celular ou no e-mail, informando de forma gentil quando o prazo da conta está próximo ao vencimento, envie também um dia após o vencimento, aproveite para estimular o cliente a entrar em contato caso haja dificuldades para cumprir com o preço acordado.

Dica: Com o avanço das tecnologias de comunicação, você pode manter junto no cadastro de cada cliente o número do Whatsapp da pessoa caso tenha, é uma outra forma de poder enviar informativos.

Desta maneira, a sua empresa se isenta de responsabilidades e cumpre devidamente a parte que lhe cabe no diálogo entre vendedor e comprador, reduzindo as chances de eventuais discussões na justiça.

Mas não seja chato, tudo bem? Enviar recados todos os dias após o vencimento fica chato para a empresa e para o cliente. Mantenha um fluxo padrão entre os envios, entre em contato uma vez por semana, por exemplo.

Oriente seus funcionários


Oriente seus funcionários ou a equipe do setor de cobranças e serem gentis com o devedor sem ameaças, e nunca ficar com envios de cobrança em excesso, proibidas legalmente pelo código de defesa do consumidor.

Este comportamento pode auxiliar casos de pagamentos que tenham vencido há muito tempo e que existe o risco de não conseguir o dinheiro. Contudo, a empresa pode mediar um acordo, sem ações judiciais para obter parte do dinheiro ou parcelar a dívida.

Dê opções


Se após os contatos o cliente não der respostas sobre as formas de pagamento propostas, então forneça alternativas. O mais importante é garantir que pelo menos parte do dinheiro seja pago à sua empresa. Isso também ajuda seu cliente a sentir-se seguro e interessado em uma negociação.

Mantendo um histórico de seus clientes, você pode identificar aqueles que tem dificuldades para manter seus pagamentos em dia, e evitar novas inadimplências.

O histórico serve também para fidelizar aqueles clientes que mantem suas contas sempre em dia, com promoções especiais.

Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos, e se gostaria de ser avisado sempre que houver artigos novos, assine nosso feed por e-mail na barra lateral do site.


Visite e se inscreva no canal do infomei no youtube
Assessoria do infomei para microempreendedores
Avalie este post:
{[['']]}
Tecnologia do Blogger.