Ads Top

Reforma trabalhista poderá trazer aumento no INSS do MEI

Presidente interino Michel Temer

O presidente interino Michel Temer (PMDB) vai propor ao Congresso Nacional a reforma trabalhista e Um dos itens previstos é o aumento da alíquota previdenciária do Micro Empreendedor Individual (MEI) de 5% (Alíquota atual) para 11%, no ponto que trata do tema renúncias fiscais. 

O motivo do aumento segundo o governo é que somente em 2015 deixou de arrecadar R$ 1,3 bilhão com os MEIs, devido a alíquota reduzida.

Outra proposta é a que trata a regulamentação do direito de greve dos servidores públicos. Há também a que aborda negociações trabalhistas, com o objetivo de fazer prevalecer o negociado sobre o legislado.
 
A proposta de aumentar a alíquota do MEI foi vista com ressalva pela Firjan. De acordo com o economista chefe da Firjan Guilherme Mercês “Elevar o imposto para o microempreendedor pode ter efeito negativo”, alerta. 

O conjunto de propostas para alterar as relações de trabalho e fiscais será apresentado logo assim que a reforma da Previdência, que o governo Temer também quer implementar, for sacramentada. 

Com informações: Jornal o Dia
Assessoria do infomei para microempreendedores
Avalie este post:
{[['']]}
Tecnologia do Blogger.